Fullmetal Alchemist terá uma nova série

Mais uma! *-*

Desde o ano passado é especulado uma nova temporada ou algo do gênero, e diversos fakes empestiaram a internet. Mas o recém lançado volume 22 do mangá confirmou oficialmente a produção de uma nova série para TV. Mas sem nenhum detalhe, apenas a simplória bomba confirmatória para ficarmos nos roendo por novidades – ARRGH –

Mas o que posso dizer é que será lançado em 2009 e será baseado na história original do mangá, do qual havia se separado do antigo anime apartir de certo ponto.

Uma breve sinopse: Fullmetal Alchemist ou Hagane no Renkinjutsushi (鋼の錬金術師) para os japoneses é de autoria da Arakawa Hiromu (荒川 弘), uma ficção que se passa na Revolução Industrial onde a alquimia é uma ciência mais avançada que a tecnologia. Teve início de sua publicação em 2002 pela revista Shounen Gangan – uma peculiaridade nessa revista são os omakes (um tipo de bônus) que Hiromu faz, engraçadas como a seção FSP no One Piece, mas ao invés de perguntas, é uma historinha paralela, legais tanto quanto – e tem como protagonistas os irmãos Edward Elric e Alphonse Elric. Eles perdem sua mãe quando ainda eram pequenos e Ed acha que a culpa é do pai, um renomado alquimista, que os abandonou sem explicações.  Assim, os dois acabam seduzidos em ressucitá-la usando uma técnica proibida, mas acabam falhando e, pela lei da troca equivalente (isso é tão repetido no começo da história que, nossa! Se eu tivesse assistido durante o meu 8º ano do ensino fundamental, eu seria o primeiro da classe em química) e Ed acaba perdendo partes do corpo e seu irmão o corpo todo. Arrependidos, eles tentam procurar a Pedra Filosofal, que amplia o poder de alquimia e ignora a troca equivalente, para recuperar seus corpos. Na história tem diversos outros fatos (legais, todos!), mas acho que é meio spoiler ficar citando-os :s

O anime foi produzido pelo estúdio Bones, que televisionou na emissora TBS com exímia qualidade apartir de 2003 e terminou em 2005 sob a direção de Mizushima Seiji (水島精二) e o design ficou a cargo de Aramaki Shinji (荒牧伸志), Ishigaki Junya (石垣純哉) e Ito Yoshiyuki (伊藤嘉之). Como o anime teve início na produção sem a conclusão do mangá, as duas obras se separaram e seguem caminhos diferentes (não no esquema de filler, uma história para a adaptação boa mesmo) apartir da metade da serie de 51 episódios.Mesmo sendo diferente, não deixa de ser bom (eu particularmente, gostei bastante)! Além do anime, foi lançado um OVA com um resumo de toda a serie, um tipo de “preparo/remember capitalismo” para o filme lançado em 2005. No filme pode sentir uma pontada de “uma nova continuação está prevista” e, desde então a expectativa, mas enfim chega de esperas :D. No dvd do filme há vários extras curtos, alguns como uma espécie de omake versão anime, outros com cenas do que aconteceu com os personagens muitos anos depois dos fatos contados no anime, o que acaba sendo um material interessantíssimo para quem gostou da serie!

Ah! A própria Hiromu divulgou que o final da serie é totalmente diferente do planejado por ela no mangá!

Aqui nas terras do samba e molejo, o anime é exibido pela Animax, e na RedeTv! com cortes (Oh! Really?). Os dvds foram lançados pela Focus Filmes. O mangá é publicado pela editora JBC (atualmente no volume 33, equivalente ao 16 japonês).

Anúncios

~ por L.D em 17 de setembro de 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: